Subcrédito Social BNDES: Phomenta assessora Instituto EDP no investimento de R$ 3 milhões para educação empreendedora.

A Phomenta assessorou o Instituto EDP na utilização dos subcréditos sociais de duas subsidiárias da EDP Energias do Brasil, para financiar o projeto Educação Empreendedora em parceria com a plataforma DreamShaper. Nesta parceria a Phomenta mostrou-se imprescindível para a elaboração do projeto, seguindo todas as exigências do BNDES,  seja na interlocução com o banco de desenvolvimento na defesa do mérito, seja no  processo de aprovação e aplicação do projeto nas comunidades.

O projeto Educação Empreendedora trabalha as competências socioemocionaisbndes e empreendedoras dos estudantes e vai beneficiar mais de 12.000 alunos nas cidades de Cariacica, Serra, Vila Velha e Vitória – ES e Guarulhos, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e São José dos Campos – SP no âmbito da escola e da comunidade. Os participantes poderão aplicar o conceito de empreendedorismo na grade curricular, desenvolvendo modelos de negócios com o conteúdo aprendido.

Segundo a especialista em sustentabilidade do Instituto EDP, Ana Maria Schneider, “a atuação da Phomenta foi fundamental para o sucesso e aprovação do projeto pelo BNDES. A Phomenta já possui a expertise nas principais exigências e etapas para aprovação dos projetos que utilizam o subcrédito social, principalmente nos projetos que não envolvem necessariamente uma infraestrutura, como no caso da implantação da plataforma nas escolas”.

O recurso será utilizado para a formação de professores e aquisições de licenças de uso da plataforma Dreamshaper, lançada no Brasil em 2014 e que combina, de forma simples e interativa, dados fornecidos pelos alunos sobre a ideia de negócio em diversos níveis, e promove um plano de ação, que compreende implementação, aplicação de recursos e avaliação das fases.

Ainda segundo o cofundador da Phomenta, Lorhan Caproni, “esse projeto é um grande case para as áreas de sustentabilidade, fundações e institutos que possuem o subcrédito social, sendo que já é o segundo projeto de tecnologias educacionais que conseguimos viabilizar por essa linha do BNDES, o que traz um avanço na gestão do recurso, beneficiando mais pessoas pelo uso da tecnologia e atuando nas questões sociais prioritárias”.

简体中文EnglishFrançaisDeutschEspañol

Pin It on Pinterest

Shares
Share This